Hacktivismo no BAILUX

Angel mostrando como se faz uma bobina.

No monitor do lap-top é possível observar o circuito do transmissor de FM

Angel explicando o funcionamento de uma bobina

Ativismo-tentativismo-seviranismo de até logo à família Inaê-Gabriela-Angel, no esporo Bailux, no dia 07/07.

Entre as atividades, o estudo de um modesto circuito elétrico de transmissor de FM, que pode ser feito com pouco mais de uma dezena de componentes eletrônicos que se encontram em abundância na sucata eletro-eletrônica, como: fios, resistores, capacitores, diodos, potenciômetros. Uma ferramenta de poder e possibilidades inimaginavelmente perigosas para um sistema excludente, nas mãos de uma comunidade organizada.

Outra discussão foi sobre o variável potencial de captação dos microfones dos aparelhos utilizados para gravar uma música da metarecileira Iva Carolina. No caso, uma máquina fotográfica digital e dois aparelhos celulares. A demonstração foi no Ardous, com as gravações distribuídas em três trilhas.

O gran finale do encontro foi o curtíssima Dance, Monkeys, Dance, de Ernest Cline, que gerou uma discussão cuja elasticidade temática ia do jeitinho brasileiro ao significado de um sambaqui.

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s